Pesquisar

sábado, 10 de novembro de 2018

Reestreia da Comédia 'Doidas e Santas' comemorando 1000 Apresentações e 8 anos em Cartaz

Comemorando a marca de 1.000 apresentações, a peça, há oito anos em cartaz, já foi vista por mais de 300 mil pessoas entre Rio, São Paulo e mais de 25 cidades brasileiras.

Estrelado por Cissa Guimarãese dirigido por Ernesto Piccolo, o espetáculo segue com seu elenco original até hoje, formado por Cissa, Josie Antelloe Giuseppe Oristânio. O texto, de Regiana Antonini, é livremente inspirado no livro homônimo de Martha Medeiros. No dia 09/11 foi a REESTREIA, no Teatro Vanucci.

“Fé na trama e no texto! O texto tem humor próprio resultando em um espetáculo divertido e ágil. Cissa expressa bem simplicidade e complexidade, alegria e tristeza, ingenuidade e sabedoria” (Barbara Heliodora, O Globo)

“O que mais me estimula neste trabalho é ver como ele toca o coração das pessoas. Durante estes oito anos, a gente não mudou nada no texto, é o mesmo texto. E nestes oito anos, todas as pessoas que vão assistir saem tocadas.”(Cissa Guimarães)

A comédia romântica ‘Doidas e Santas’, um dos espetáculos mais longevos da cena teatral carioca, volta à cidade mais uma vez, agora comemorando a rara marca de 1.000 apresentações, depois de ser vista por mais de 300 mil pessoas Brasil afora ao longo de oito anos.

Apresentada pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros compatrocínio da Vivo, ‘Doidas e Santas’ é um projeto idealizado por Cissa Guimarães, e sua primeira produção em mais de 30 anos de carreira no teatro. A atriz desejava levar à cena um trabalho que expressasse as inquietações da mulher contemporânea que, como uma equilibrista de pratos, dá conta de marido, filhos, vida profissional e ainda encontra tempo para cuidar de si, sem perder o bom humor e alegria de viver.

O livro homônimo de Martha Medeiros(cronista do jornal O Globo) que deu origem à peça é uma coletânea de crônicas que falam de alegrias, desilusões e neuroses da vida urbana, do prazer que se esconde nas pequenezas do cotidiano, dos mistérios da maternidade, e do poder transformador do afeto.À época de seu lançamento, superou a marca dos 30 mil exemplares em pouco mais de três meses. Estas mulheres e suas histórias foram matéria-prima e inspiração para RegianaAntonini na construção de uma trama ágil e bem-humorada, complementada ainda por alguns episódios vividos pela própria dramaturga, e que se afinam com o espírito desta aventura.

“Eu acho que, mais do que ‘o que mudou’, o que nãomudou foi nosso amor pelo teatro. E este espetáculo mostra pra gente o quanto este amor existe, e como o teatro é transformador, e o quanto o teatro toca o coração das pessoas. São oito anos, o mesmo espetáculo, e as pessoas é que saem mudadas. O teatro transforma.”,vibraCissa Guimarães.

O cenário é de Sérgio Marimba, a iluminação de Jorginho de Carvalho, a trilha sonora de Rodrigo Penna e os figurinos de Helena Araujo e Djalma Brilhante. A produção é de BG Produçõese Turbilhão de Ideias Entretenimento.

SINOPSE
A peça conta a história de Beatriz (Cissa Guimarães), uma psicanalista no auge da carreira, mas em crise no casamento. Seu marido (Giuseppe Oristânio), acomodado e machista, não tolera a ideia da separação. Depois de vinte anos de casamento, está cada vez mais distante, mais surdo, mais mudo, mais morno, mais jogado no sofá. Ao mesmo tempo, a mãe de Beatriz, a extravagante D. Elda (Josie Antello), voltou a morar com ela e vive às turras com a neta adolescente (também Josie Antello).

Um dia, depois de uma conversa reveladora com sua irmã, a solteirona Berenice (também Josie Antello), Beatriz decide dar um basta. Separa-se de Orlando e resolve abraçar os prazeres da vida. O tempo passa e a nova vida de Beatriz parece finalmente seguir como ela sempre sonhou, até que um dia Orlando volta a procurá-la, e o que tem a lhe dizer muda mais uma vez seus planos.

FICHA TÉCNICA
Baseado na obra de Martha Medeiros
Texto: RegianaAntonini
Direção: Ernesto Piccolo
Elenco: Cissa Guimarães, GiusepeOristanio e Josie Antello
Direção Musical: Rodrigo Penna
Assistente de direção: João Velho
Cenário: Sérgio Marimba
Iluminação: Jorginho de Carvalho
Figurino: Helena Araujo e Djalma Brilhante
Design Gráfico: Thomaz Velho/ Julliana Della Costa 
Fotos de Estúdio:Nana Moraes
Fotos de Cena:Chico Lima
Produtora executiva: Glauce Carvalho 
Direção de Produção: Gustavo Nunes 
Idealização do Projeto: Cissa Guimarães 
Realização: BG produções 
Uma produção: BG produções e Turbilhão de Ideias Entretenimento 
Patrocínio: VIVO 
Apresentado por: Bradesco Seguros Circuito Cultural 
Assessoria de Imprensa :JSPontes Comunicação – João Pontes e Stella Stephany

SERVIÇO
Teatro Vannucci / Shopping da Gávea

R. Marquês de São Vicente, 52/3º piso – Gávea / RJ   Tel: 21 2274-7246
HORARIOS: 6ª e domingo às 20h e sab às 21h / Gênero: Comédia / Classificação indicativa: 12 anos  / Duração: 85 min / Vendas por internet: www.tudus.com.br / Horário de Funcionamento da Bilheteria: 3ª a domingo das 14h às 22h / Capacidade: 400 lugares Ingressos: 6ª R$80,00 e R$40,00 (meia); sab e dom R$90,00 e R$45,00 (meia) / Ingresso popular: R$50,00 e R$25,00 (na bilheteria do teatro) / Sessão com tradução de libras: dias 11 e 25 de novembro e 09 e 16 de dezembro / Temporada: até 16 de dezembro  
Bradesco Seguros 

Manter uma política de incentivo à cultura faz parte do compromisso do Grupo Bradesco Seguros com a conquista da longevidade com qualidade de vida, considerando a cultura como ativo para o desenvolvimento dos capitais do conhecimento e do convívio social. Nesse sentido, o Circuito Cultural Bradesco Seguros se orgulha de ter patrocinado e apoiado, nos últimos anos, em diversas regiões do Brasil, projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas.

Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais “Bibi – uma vida em musical”, “Bem Sertanejo”, “LesMisérables”, “60 – Década de Arromba”, “Cinderella”, “Chacrinha, O Musical”, “Elis - A Musical”, “A Família Addams”, “O Rei Leão” e “Wicked”, além da “Série Dell'Arte Concertos Internacionais”, “Ballet Zorba, O Grego” e a exposição inaugural da JapanHouse, “Bambu – histórias de um Japão”.

Para conhecer o calendário 2018 do Circuito Cultural Bradesco Seguros, acesse www.bradescoseguros.com.br, clique na opção “Circuito Cultural”. 

Sobre a Vivo e o Teatro 
 A Vivo, líder em telecomunicações no Brasil, acredita no teatro como elemento de conexão entre as pessoas. Ao longo dos últimos 14 anos, mais de 1 milhão de espectadores em todo o País, prestigiaram os projetos patrocinados pela empresa.

Por meio do Teatro Vivo, em São Paulo, sua principal frente de apoio à cultura brasileira, a empresa oferece ainda um espaço de qualidade, com programação variada, criativa e independente. Um palco que acolhe tanto atores já consagrados como novos artistas.