Pesquisar

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Conselhos de Decoração para Quem Mora Sozinho

© Viva Decora Sala com tons claros e pequenos toques de cor
Publicado originalmente no portal MSN

Morar sozinho é uma grande conquista! Chega a liberdade de não ter horários fixados por ninguém, receber quem queremos sem dar satisfação, entre outros benefícios.

Por outro lado, existem novas responsabilidades que surgem, como arrumar a casa, pagar boletos, cozinhar, limpar, passar, enfim, tudo que precisamos e que, quando estamos sozinhos, depende apenas de nós mesmos. Agora, para aqueles interessados em design, há uma grande vantagem: fazer a decoração como preferem. Se esse é o seu caso, confira a seguir alguns conselhos de decoração para quem mora sozinho!

Escolha das cores
Em ambiente pequenos, o ideal é utilizar tons claros, pois criam a sensação de amplitude. E uma boa dica: a tinta acrílica semibrilho é muito prática e um simples pano úmido dá conta da limpeza. Também é bom levar em consideração que os tons combinam com tudo. E, se gosta de cores fortes, deixe-as para os tapetes, almofadas, quadros e objetos de decoração.

Hora de pintar
Se for fazer tudo sozinho, antes de mais nada aplique uma amostra da tinta a ser usada na parede, assim poderá ver o resultado antes de por completo. Também é importantíssimo deixar a superfície preparada: eliminar a sujeira e consertar as rachaduras ou imperfeições. E, por último, um detalhe importante: se a parede é recém-feita, o reboco precisa secar por 28 dias antes de qualquer preparo para a pintura.

Organização do banheiro
Quando se vive sozinho, a organização é primordial. Ajuda muito quando sua decoração já possibilita que tudo tenha seu lugar. No caso do banheiro, por exemplo, uma dica legal é contar com um nicho para produtos de higiene dentro do box. Ajuda muito na organização e ocupa pouco espaço por ser embutido na parede.

© Viva Decora Banheiro com nicho dentro do box

Considerando uma pessoa de estatura média, uma boa altura seria uns 30 cm começando por volta de 1,20 m do chão, com uns 10 cm de profundidade. Outra opção é o nicho horizontal, indo de um lado a outro do box. Em ambos os casos é importante levar em conta a tubulação por dentro da parede e, se você contar com um espaço muito pequeno, o melhor é fazê-los verticais, talvez até colocando prateleiras internas.

Piso fácil de limpar
Ponto muito importante: que o piso seja fácil de limpar. Morando sozinhos, o que menos queremos é ter trabalho com um piso que tenha a aparência sempre suja. Portanto, escolher pisos que disfarcem o pozinho acumulado é fundamental no seu dia a dia. Sendo assim, evite pisos claros, nos quais a sujeira fica visível mais facilmente, e opte pelos escuros, que ajudam a disfarçar um pouco.

© Viva Decora Sala com piso de madeira

Só não pense que a sujeira não aparece em pisos pretos! Os que mais disfarçam esse véu de pó são aqueles em tons de cinza ou bege escuro, ainda mais os que têm algum padrão ou pigmentos. Só não se deixe levar pelas aparências, porque, por mais que não apareça, a poeira está lá, então é preciso passar uma vassoura pelo menos dia sim, dia não.

Prateleiras e organizadores
Se você gosta de colecionar livros e objetos, seus xodós ficarão lindos expostos em uma estante sob medida, que é um ótimo elemento de decoração, sendo também suporte para quadros, fotos e outros enfeites. Se sua cama não tem cabeceira, poderá dispor prateleiras em volta dela e decorá-la com objetos e plantas indicadas para dormitórios.

© Viva Decora Quarto com prateleiras

As estantes e prateleiras também ajudam a organizar as coisas, tirá-las do chão ou superfícies baixas, e agradam o olhar!

Estrutural: retirar uma parede
Lembre-se que para fazer qualquer mudança estrutural, como quebrar paredes, é preciso contratar um profissional com experiência em obras e reformas. Ele irá te orientar sobre o que fazer, como, por exemplo, verificar na planta a fiação elétrica ou pontos de gás ou hidráulica.


© Viva Decora Sala integrada

Quando pensamos em estrutura, visualizamos o ambiente e consideramos o que queremos que fique e o que vá embora. Porém há certas paredes com vigas estruturais em seu interior fazendo o papel de pilar e, por isso, não podem ser retiradas. Muito importante ter atenção a esses detalhes!

Integração sala e cozinha
Liberdade, amplitude, suavidade, praticidade. Com sala e cozinha integradas, receber amigos e interagir com as visitas enquanto cozinha torna-se um prazer.


© Viva Decora Cozinha e sala integradas

Essa conexão entre os ambientes traz muitas vantagens, mas exige organização, pois a cozinha fica exposta para a sala, então é bom que esteja bem organizada. Para isso, uma boa ideia é abusar dos armários que chegam até o teto. Porém, lembre-se que para fazer qualquer mudança estrutural como quebrar paredes é preciso contratar um profissional.

Texto enviado por Habitissimo – Guia de onde encontrar informação detalhada, orçamento e opiniões sobre profissionais e empresas de obras, arquitetura e decoração.