Seja bem-vindo ao Blog do Lourenço! Obrigado por sua visita... Volte sempre!


terça-feira, 6 de junho de 2017

Leda Nagle lotou o Theatro Net Rio com Alcione, na estreia do seu 'Sarau da Leda', Um Bate Papo Musical

De Luiz Carlos Lourenço
Fotos de Marcelo Castello Branco

A ideia tinha todos os ingredientes para dar certo. Um belo bate papo musical. E deu. E iniciando a série com uma diva idolatrada  pelo povo brasileiro, a cantora maranhense ALCIONE.  A proposta do “Sarau da Leda”, talk show que a jornalista Leda Nagle estreou ontem à tarde com o pé direito no Theatro Net Rio irá se repetir em durante todas as segundas de junho e deve continuar pelos meses seguintes.

Depois de comandar por mais de 20 anos o programa “Sem censura”, do qual se desligou em dezembro do ano passado, a apresentadora comprovou que tem uma legião fiel de admiradores que a acompanhará nas tardes de segunda-feira.
— Gosto de conversar e tive ter o privilégio de começar com uma amada de muitos anos, a luxuosa da Marrom, essa amiga querida que é puro talento. Este talk show é bem diferente do “Sem censura” porque no programa eram cinco assuntos por dia. Agora no teatro, tenho um único convidado — explica.

A estreia do Sarau da Leda contou com a presença de dezenas de personalidades do meio artístico, como o produtor musical, diretor e pesquisador Rodrigo Faour, a fotógrafa Theresa Eugênio, o destaque de carnaval Nabil Samir Habib, as cantoras  Ellen de Lima, Luciene Franco, Gottsha, Vitoria Virtus, Tetê Cavalckanti, o pesquisador e fotógrafo Marcelo Castello Branco, o jornalista Christovam Chevalier, o cantor Marcio Gomes (que aniversariava ontem), as divas gays Suzy Parker e Yeda Brown, o diretor e produtor musical Mauricio Almeida, Ayrton Monts, Gilberto Bulcão, Nancy Lara, Frederico e Rita Reder, além de Bete Suzano, Jorge Bhahoum e muitos outros. A maioria já comprou ingressos para todos os bate papos musicais já anunciados por Leda.

Os próximos saraus de Leda tem a seguinte programação:

Marcos Valle e Joyce (dia 12)

Marcio Gomes e Aguinaldo Timóteo (dia 19)

Amelinha e Ednardo (dia 26)

Os ingressos custam R$ 60

Segundas às 16h

Durante hora e meia, num divertido bate papo, Alcione contou muitas curiosidades de sua carreira, como a viagem que fez à Russia e não deixou de levar sacos de arroz e feijão, seu início de carreira no Rio e a devoção que tem por Nossa Senhora. Contou que trouxe de Belém, na semana passada, uma imagem de N.S. de Nazareth que vai levar para seu amigo Arlindo Cruz, em franca recuperação de um AVC.

Durante a agradável tarde de ontem, acompanhada de um violonista, Alcione cantou seus maiores sucessos, entre eles A Loba, Estranha Loucura, Rio Antigo, Não deixa o Samba Morrer e Meu Ébano.

Ao final do SARAU DA LEDA NAGLE, ainda no palco do Net Rio, recebeu como presente um enorme retrato seu, feito com lápis de cor, criado pelo pelo arquiteto e artista plástico REINI FREIRE, de 85 anos. Ele se especializou em desenhar personalidades mundiais, como Gandhi, Madre Tereza de Calcutá, o Papa João Paulo II e notáveis brasileiros, como Antonio Fagundes, Chico Anísio, Zeka Pagodinho e agora a cantora. A obra foi entregue à artista pelo jornalista LUIZ CARLOS LOURENÇO, amigo e vizinho de Reini.

Muitas Entrevistas
Os admiradores da mineira de Juiz de Fora, Leda Nagle, sabem que não é de hoje que a jornalista, escritora e apresentadora gosta de ouvir histórias de personalidades do mundo artístico. Tudo começou na década de 1980.
— Quando fazia entrevistas no “Jornal Hoje”, na Rede |Globo, me falavam que uma entrevista  não poderia passar de três minutos porque o telespectador não assistiria se durasse mais tempo. Agora verifico com orgulho essa multiplicação dos programas de entrevistas. Hoje tem Danilo Gentili, Fábio Porchat, Pedro Bial... Fui pioneira e estava certa quando apostei em entrevistas — avalia.

— A vida do outro sempre causou interesse. Caso contrário, não existiria fofoca — diverte-se a veterana, que tem um canal no Youtube com o seu nome.

A curiosidade em torno da vida de seu único filho, Duda Nagle, não incomoda Leda, que admite ter se surpreendido ao ser chamada de “sogra de Sabrina Sato” — Levei um susto ao ouvir isso. Como assim a sogra da Sabrina? Meia hora depois, desencanei. Todo mundo sabe quem eu sou e eu sou a sogra da Sabrina também! Gosto muito dela, que é divertida, carinhosa, um amor.