Seja bem-vindo ao Blog do Lourenço! Obrigado por sua visita... Volte sempre!


quarta-feira, 31 de maio de 2017

Boca Livre solta a voz no Teatro Municipal de Niterói

O Teatro Municipal de Niterói recebe nos dias 2 e 3 de junho, às 20 horas, o grupo Boca Livre. O quarteto formado por Zé Renato, Lourenço Baeta, David Tygel e Mauricio Maestro, irá aproveitar a ocasião para mostrar alguns novos arranjos, que estão sendo elaborados para o próximo CD, a ser lançado ainda este ano. Entre as novidades estão "Amor de Índio", de Beto Guedes e Ronaldo Bastos, e "Vida da Minha Vida", de Sereno e Moacyr Luz, popularizada anteriormente na voz de Zeca Pagodinho.

Além das novidades, o Boca Livre irá também apresentar as canções que ficaram marcadas na interpretação do grupo nesses quase quarenta anos de carreira, como "Toada", "Quem Tem a Viola", "Diana", "Mistérios", "Folia", "Ponta de Areia", entre outras.

Um pouco da estrada musical do Boca Livre
Formado em 1978 por Maurício Maestro, Zé Renato, David Tygel e Claudio Nucci, o quarteto, um ano depois, lança o primeiro disco, o LP independente “Boca Livre” que ultrapassou a vendagem de 100.000 cópias.

Em 1981 Claudio Nucci foi substituído por Lourenço Baeta e o grupo gravou o LP independente “Bicicleta” que contou com as participações especiais de Tom Jobim e Naná Vasconcelos. No ano seguinte vem o LP “Folia” pela gravadora Polygram e em 1983, pelo mesmo selo o LP “Boca Livre”.
Já em 1989, o grupo apresenta seu quarto disco o LP “Boca Livre em concerto” gravado ao vivo durante temporada no Canecão (RJ) pela Som Livre.

Em 1992 Fernando Gama substituiu David Tygel e o grupo lançou “Dançando pelas sombras” (M,PB/Warner).

No ano de 1993, após turnês e participações em festivais de música nos Estados Unidos, Europa e Canadá, o grupo regravou a canção “Dança do ouro” no álbum solo de Jon Anderson – vocalista da banda Yes - (Deseo) e a gravadora Green Linnet lançou o álbum”Dançando pelas sombras” no mercado internacional.

Veio 1994 e o grupo lança pela gravadora Velas, o “SongBoca” que foi contemplado com o Prêmio Sharp. No ano seguinte o quarteto gravou em Nova York o cd “Americanas” lançado no Brasil e exterior pela gravadora Velas. Neste mesmo ano o Boca Livre participou, em Los Angeles, do Tributo a Tom Jobim no Hollywood Ball.

Em 1998 recebe mais uma vez o Prêmio Sharp de Melhor Grupo Vocal Brasileiro com o cd “Boca Livre Convida, 20 anos”. Deste cd participaram Claudio Nucci, David Tygel, Milton Nascimento, Djavan, Chico Buarque, Gal Costa, Beto Guedes, Erasmo Carlos, Frejat, Ricardo Silveira, Sergio Dias e Paulinho Moska. Além das apresentações nas principais capitais do país, o grupo participou do Summer Stage Festival de Nova York, Panamá e Caracas.

Em 2000, dividiu o palco do Metropolitan (RJ) com o grupo 14 Bis, que resultou num cd ao vivo. Ainda neste ano, Zé Renato desligou-se do grupo para realizar seus projetos solos o que trouxe o retorno de um de seus integrantes originais: Claudio Nucci.

O grupo participou, em 2002, da gravação do cd “Mundo” do compositor e cantor panamenho Ruben Blades. O cd ganhou o Premio Grammy em 2003.

Em 2006 o grupo volta a atuar com sua formação clássica: Zé Renato, David Tygel, Lourenço Baeta e Maurício Maestro, realizando shows pelo país e gravando o cd/DVD “Boca Livre e ao vivo” vencedor do 19º Premio da Música Brasileira na categoria Melhor Grupo de MPB e em 2014, com o CD Amizade foi o vencedor, na mesma categoria, do 25º Prêmio da Música Brasileira novamente.

Serviço
Boca Livre – Teatro Municipal de Niterói
Datas: 02e 03 de junho
Horário: 20h
Duração: 90 min
Classificação etária: Livre
Ingresso: R$ 60,00 (int.) e R$ 30,00 (estudantes, maiores de 60 anos, menores de 21 anos e pessoas com deficiência)
Local: Teatro Municipal de Niterói
Endereço: Rua XV de Novembro, 35, Centro
Tel: 2620-1624