Seja bem-vindo ao Blog do Lourenço! Obrigado por sua visita... Volte sempre!


segunda-feira, 11 de julho de 2016

Procissão de Ipanema pede paz durante a olimpíada no Rio



De Luiz Carlos Lourenço
Fotos de Daniel Marques

Como é tradição, todos os anos,  os moradores de Ipanema celebram o dia de sua padroeira, Nossa Senhora da Paz, com uma emocionante procissão, Este ano, o cortejo religioso foi  realizado ontem à tarde a partir das 17 h, percorrendo as principais ruas do bairro pedindo pela Paz em nossa cidade e em especial durante a realização da Rio 2016.

O Pároco da Igreja Nossa Senhora da Paz, Padre Jorjão, de modo particular e comando o ato do interior de um veículo, fez diversos apelos durante a procissão pedindo à Nossa Senhora lo bom êxito da realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, quando pessoas do mundo inteiro estarão na Cidade Maravilhosa.




" Num tempo de tanta violência urbana e insegurança nos dias em que vivemos, estamos pedindo a Nossa Senhora para que nos proteja e que todos orem nesta cidade que tem como referência a Igreja e a Praça dedicadas à Nossa Senhora da Paz, clamando por dias tranquilos e que as famílias possam celebrar esta festa com tranquilidade", disse o sacerdote.


Ao iniciarem  a procissão, como é costume, os fiéis, após a oração pela paz, soltaram milhares de balões brancos pedindo paz em nossa cidade, ao som de muitos fogos de artifício, quando foi iniciado o cortejo.

ANTIGA DEVOÇÃO


O culto a Nossa Senhora da Paz surgiu no século IX em Toledo, na Espanha, após a invasão dos mouros naquela região quando a população, liderada pelo arcebispo e pela própria esposa do rei, saiu às ruas vestida de luto para protestar contra o acordo feito entre o monarca e os invasores no qual a igreja dedicada a Nossa Senhora se transformava num templo muçulmano.



Invocando o poder da Virgem para abrandar o coração do rei que ameaçava punir os manifestantes, o povo, com um fervor que convenceu os próprios mouros, conseguiu reverter a situação e, recuperando a igreja, reconduziu em procissão a imagem da Mãe de Deus ao altar, agora sob o título de Nossa Senhora da Paz.


Num passado mais recente, em 1917, já no final da Primeira Guerra Mundial, o Papa Bento XV mandou que fosse incluída na ladainha de Nossa Senhora a invocação de Rainha da Paz. Na época, a nossa Igreja em Ipanema estava em construção, e esse fato motivou a escolha do título de Nossa Senhora da Paz para a nossa padroeira.


Conduzida em procissão pela Avenida Atlântica até Ipanema, a imagem, vinda da França, foi entronizada na nova igreja no dia 14 de agosto de 1921. Um mês depois, por decreto do então Cardeal Arcoverde, a igreja foi constituída Matriz e se tornaria a Paróquia Nossa Senhora da Paz, uma das primeiras no Brasil e no mundo, e hoje a maior referência cristã do bairro e uma das principais da cidade.


Como referência à historia do bairro de Ipanema, a estação do metrô da Praça Nossa Senhora da Paz que será inaugurada em agosto, foi decorada com um artístico painel de azulejos contando a história do bairro e da Padroeira que dá nome à Praça e à estação que será inaugurada para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos.