Pesquisar

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Bela história de amor se repete , com novos personagens, mas... rumando para um final feliz

Em Londres tomando uma Pint de GUINNESS





De Luiz Carlos Lourenço
Fotos de Daniel Marques
e arquivo pessoal.

Uma pergunta,meus leitores:  vocês por acaso tem ideia de quem foi uma mulher negra brasileira, badaladíssima, que  ganhou por muitos anos as páginas de moda de revistas nacionais e estrangeiras, e que ganhou o nome artístico de Luana de Noailles? Pois  saibam que ela foi nasceu em Salvador e teve uma infância humilde, registrada com o nome de Simone Raimunda Nonata do Sacramento , a primeira modelo negra no Brasil! E a primeira negra a se tornar condessa, depois que se casou com Gilles, o conde de Noailles. Em seu casamento rolou feijoada e caipirinha, em pleno Castelo de Noailles.



Para vocês terem uma ideia de tamanho talento dessa mulher, ela chegou a trabalhar para Yves Saint Laurent e Cristian Dior, lembrando que ela era uma das primeiras modelos negras do mundo, e a primeira modelo negra brasileira. Hoje ela trabalha como consultora de moda em Paris e como caça talentos.




O casal e amigos em passeio por Búzios

E a história se repete,  com outra química, com outros personagens, com outros valores, não menos interessantes. A história atual é de um garoto pobre, de São Gonçalo, chamado Thii Andrade e que conheceu seu príncipe pela Internet, chama-se MARC BENSON. jovem como Thii, nascido em Aldershot, que fica a 60 km da capital Londrina. Marc mora em Londres. trabalha no Metrô londrino, mas ... ganha em libras. Eles se conheceram através de um amigo comum e conversaram por alguns meses até vir ao Rio para conhecer seu pretendente. Já Thii tem um trabalho sólido com oito anos de empresa e, além disso, é universitário da Universidade Federal Fluminense, a UFF.

Fim da conversa no bate-papo


Só que o brasileiro não havia contado ao "noivo" sua dupla identidade, pois quando se monta e coloca suas perucas, transforma-se numa atraente mulata, Layla Riker e, que no final do ano passado, foi eleita a Musa OK 2015  Pensam que Marc se incomodou, nem um pouco Estão apaixonadíssimos e pretendem casar. No domingo, Marc ocupava feliz a primeira mesa e filmou os principais números da amada, na Turma OK, a mais antiga agremiação de convivência gay do mundo.

Sua sede está localizada na Lapa, na rua dos Inválidos, 39. Naquele amplo sobrado são realizadas festas e shows todas  as sexta-feiras, sábados e domingos, reunindo gays, héteros e familiares, amigos e apreciadores da arte da dublagem e outros números musicais que lá são realizados, num ambiente familiar e descontraído, com muito respeito.

E... Por coincidência ou não,  no prédio em frente à Igreja de Santo Antonio dos Pobres, protetor dos casamentos.