Pesquisar

terça-feira, 3 de março de 2015

DEIXA CLAREAR, UM ESPETÁCULO QUE HOMENAGEIA A VIDA E ARTE DE CLARA NUNES, CÉLEBRE CANTORA BRASILEIRA
A peça fica em cartaz até o dia 15/03 no Teatro da UFF. Sexta e sábado às 21h e domingo às 20h. O ingresso custa R$ 30 e a meia entrada custa R$ 15.



Com um público de mais de 45.000 pessoas ao longo de um ano de estrada, o espetáculo “Deixa Clarear, musical sobre Clara Nunes”, voltará aos palcos do Teatro João Caetano para uma curta temporada a preços populares. De 20 a 29 de Março, sex e sáb às 20 e Dom às 19:30.  Com direção de Isaac Bernat e texto de Márcia Zanelatto, a peça-musical homenageia a artista Clara Nunes, com ingressos a R$20,00 e 10,00 (meia entrada). Em seguida, no mês de Abril, o Musical segue para turnê em Minas Gerais, terra da Guerreira Clara Nunes, passando por Belo Horizonte e cidades históricas como Ouro Preto e Mariana.

“Deixa Clarear, musical sobre Clara Nunes” tem como protagonista a atriz Clara Santhana, idealizadora do projeto e apaixonada pela obra da cantora mineira. O espetáculo é o encontro das duas Claras: a atriz e a cantora.  Durante os 75 minutos de duração, o musical apresenta  fases da carreira e da vida de Clara Nunes e tem como ponto alto a música, que atua como uma extensão da cena.  Estão lá, clássicos da cantora, como “O canto das três raças”(Paulo Cesar Pinheiro/ Mauro Duarte) e “Na linha do mar”(Paulinho da Viola), “Morena de Angola” (Chico Buarque), “Um ser de luz”(João Nogueira/Paulo Cesar Pinheiro e Mauro Duarte) e “O mar serenou” (Candeia), entre outras.   O espetáculo mistura música e poesia para contar, de forma delicada, um pouco da trajetória de Clara Nunes, com o objetivo de incentivar a juventude a valorizar a música brasileira e suas raízes genuínas. “Nossa ideia é apresentar o legado de Clara Nunes para as novas gerações”, explica Clara Santhana. A atriz se apresenta acompanhada da banda formada por Luciano Fogaça (percussão) e Bidu Campeche (percussão/ cavaquinho), Felipe Rodrigues (violão) e Lauro Lira (flauta/violoncelo).

O musical estreou em 2013 no Teatro Café Pequeno, como uma homenagem aos 30 anos de morte da cantora mineira. Com o sucesso, seguiu para o Teatro das Artes, o Teatro João Caetano, Imperator e desde então já rodou por cidades como Niterói, Resende, Araxá (MG) e Goiânia (GO). “O mérito desse sucesso está na brilhante atuação de Clara Santhana, nadireção cuidadosa do Isaac Bernat e na nossa excelente equipe de produção”, afirma a autora Márcia Zanelatto.


A atriz Clara Santhana é dirigida por Isaac Bernat, que recentemente assinou a direção de "Calango Deu" e atua na peça "Incêndios" com Marieta Severo.  Já a direção musical ficou a cargo de Alfredo Del Penho que participou de musicais como “Gonzagão, A Lenda”, “Sassaricando” e “A Ópera do Malandro”. “Transitar pelo universo musical e pela memória de Clara Nunes nos abriu uma imensa possibilidade de olhares sobre o Brasil, bem como sobre o que é ser um artista profundamente envolvido com a sua arte e com seu país”, explica o diretor Isaac Bernat.
Clara Santhana, pesquisou a trajetória da cantora para se preparar e dar início ao Deixa Clarear. Ela chegou a ir até Caetanópolis,MG, terra natal de Clara Nunes, onde fez entrevistas com Dindinha, irmã da cantora. Ela também visitou o Memorial Clara Nunes, onde estão expostos os figurinos e prêmios que ela recebeu. 

REPERTÓRIO

A Deusa dos Orixás -  Romildo S. Bastos/ Toninho Nascimento.
Casinha Pequenina - Folclore Popular
Ouricuri - João do Vale
Minha Missão / Guerreira / Mineira -  João Nogueira / Paulo Cesar Pinheiro
Um Ser de Luz - João Nogueira / Paulo Cesar Pinheiro/ Mauro Duarte
O Canto das Três Raças / Portela na Avenida - Paulo Cesar Pinheiro e Mauro Duarte
Minha Festa / Juizo Final - Nelson Cavaquinho
Tristeza Pé no Chão - Mamão (Armando Fernandes)
Você Passa Eu Acho Graça - Carlos Imperial / Ataulfo Alves
Na Linha do Mar - Paulinho da Viola
Morena de Angola - Chico Buarque 
Ê Baiana - Fabrício da Silva/Baianinho/ Ênio Santos/ Miguel Pancrácio
O Mar Serenou – Candeia
Conto de Areia – Toninho e Romildo

Ficha Técnica:
Texto - Marcia Zanelatto
Direção - Isaac Bernat
Direção Musical - Alfredo Del Penho
Direção de Movimento - Marcelle Sampaio 
Assistência de Direção - Daniel Belmonte
Elenco: Clara Santhana
Músicos: Luciano Fogaça (percussão), Felipe Rodrigues (violão), Lauro Lira (flauta/ violoncelo) , Bidu Campeche (percussão/ cavaquinho)
Iluminação - Aurélio de Simoni 
Figurino - Desirée Bastos 
Cenário - Doris Rollemberg
Programação Visual – Side 2
Vídeo Divulgação - Alexandre Rudah 
Fotos Divulgação - Marcelo Rodolfo
Assistência de Produção – Neila de Lucena
Direção de Produção – Clara Santhana e Sandro Rabello
Realização – Diga Sim! Produções