Pesquisar

sábado, 14 de março de 2015

A ARTE DE RECEBER, COMO POUCOS,
E COMO UMA VERDADEIRA 'MAMMA'



De Luiz Carlos Lourenço
fotos de Luiz Alberto 



Quem convida, convida para arrasar. E ela consegue isso sempre e tem um nome? Elba Rodrigues, conceituada banqueteira e chef de cuisine de Botafogo.  Essa é uma afirmação que esconde uma série de conceitos que deve ser observado por quem quiser desenvolver a arte de receber bem. Não basta gastar em excessivas iguarias, bebidas finas ou elegante decoração; receber bem é transmitir satisfação em receber os convidados proporcionando-lhes atenção, conforto, descontração e prazer. Para isso, é fundamental aliar simplicidade, bom senso e elegância sem exageros. E isso nossa querida Elba o faz como poucos.




Ontem, apesar da chuva, o encontro na casa de Elba tinha um motivo todo especial, comemorar o aniversário do seu amigo, o ator MACXIMO BOSSIMO, que, meio pego de surpresa, não esperava tantos impactos. Passou a noite rodeado de amigos, curtiu um show especial da internacional cantora e atriz ELIANA PITTMAN e de quebra ainda escutou, com os amigos, cançonetas e árias de ópera interpretadas por um dos amigos especiais de Elba Rodrigues, Calzolari Marco.

E aí a festa contou com tudo de bom e mais um pouco. Com o fotógrafo Daniel Marques deixando a câmera de lado para o amigo Luiz Alberto, mas brindando os convidados com músicas de Elvis Presley, Legião Urbana e muitos outros ídolos e uma série de poesias, interpretadas pelo ator Gualdino Calixto e outros integrantes do grupo Pura Poesia.





Elba mostrou que, mais uma vez, ELBA RODRIGUES mostrou que receber os convidados com elegância requer uma música de fundo, com som mediano para não atrapalhar a conversação. E ela manteve o bom humor, até sobre os seus comentários sobre o bolo do aniversariante, que chegou à sua casa "com algumas rachaduras", devidos às obras intermináveis da prefeitura espalhadas péla cidade.

Elba também é cuidadosa com os papos da turma, que devem ser sempre de ótimo astral, " para cima", como diz ela. Ela não quer suas visitas desenvolvendo conversas comprometedoras, assuntos íntimos, falando sobre doenças ou polêmicos e comentários maldosos sobre a vida alheia. Se surgem esses assuntos, ela sempre desconversa com elegância e  parte para criar outro papo de imediato.




A dona de casa, na sua simplicidade, sempre se preocupa em dar  atenção ao espaço suficiente para o número de convidados e nem precisa dizer que o local pode ser simples mas deve sempre estar sempre limpo. Além disso, ela sabe que é necessário cadeiras ou assentos em número suficiente para seus convidados exceto quando está organizando uma balada para um animado grupo de jovens. Mesmo assim, para ela,  há que se ter alguns assentos disponíveis. 

O menu dos salgados, pastas e tira gostos de Elba é outro capitulo à parte, quando ela atinge diretamente o gosto dos convidados, servindo delícias bem quentinhas e com " sabor de quero mais". Um outro capítulo  à parte na linda casa de Elba, prestes a entrar em obras, são seus amados animais, cachorros, pássaros e tartarugas, que circulam entre os convidados com a maior naturalidade.



Portanto, se estiver organizando um almoço , jantar o festa de aniversário, procure saber como acionar os serviços da banqueteira mais famosa da zona sul do Rio, ELBA RODRIGUES. Ela sempre faz um planejamento prévio da quantidade de comida de acordo com o número de convidados e sempre sobra comida e bebida em suas reuniões, faltar é "pecado", segundo ela. 

A dona de casa também é previdente e calcula o tempo necessário de preparação. Nada é mais desagradável do que ser convidado para uma refeição e permanecer horas a fio esperando terminar o cozimento. Igualmente é desagradável  ser servido com comida fria ou requentada feita na véspera. Quem não tem experiência, deve contratar ou consultar um cozinheiro experiente, como ELBA RODRIGUES.



Esta querida anfitrião " top de linha" , também sabe que a quantidade de bebidas depende do tipo e do tempo de duração de um evento. Com seu querido filho Emanuel, ela sempre disponibiliza as bebidas logo à chegada dos convidados; não é preciso aguardar a chegada de todos para começar a servir a bebida. 




Se há um horário marcado para um almoço ou jantar, ela serve no horário combinado. Aliás esse é um foco principal do bom anfitrião: quem chega no horário marcado demonstra consideração pelo convite recebido e o inverso também é verdadeiro. Por isso, não justifica submeter os convidados pontuais aos retardatários.