Pesquisar

domingo, 15 de fevereiro de 2015

DESLUMBRAMENTO DO MAGIC BALL DO
COPA É O SUCESSO DO CARNAVAL CARIOCA




De Luiz Carlos Lourenço
Fotos de Daniel Marques


"O Copa é o Copa, não precisa falar mais nada", sentenciou a mais famosa colunista social brasileira, Hildegard Angel, definindo a magia, o luxo, o bom gosto e o deslumbramento das quase três mil pessoas que ontem se divertiram até o clarear do dia nos salões do mais tradicional hotel brasileiro.
Teve de tudo na festa, porque o baile reuniu, em agradável mistura,  a nata da sociedade brasileira, o colorido do vestuário e adereços  dos gays, a surpresa dos turistas estrangeiros maravilhados com tudo que viam na festa e um super show de primeiro mundo, comandado pela internacional cantora Eliana Pittman e o diretor da festa, o decorador Zéka Marquez. Com Baile do Copa é o mais clássico no carnaval carioca, com idades e perfis variados.


Os hóspedes do mundo inteiro que compareceram ao Copa cercaram com câmeras e filmadoras a rainha do baile,  Marina Ruy Barbosa, que chegou com bastante atraso, presa nas gravações da novela “Império” ,de Aguinaldo Silva. A atriz, que destoou das cores pedidas para o decór do baile(prata, preto e branco), surgiu nos salões vestindo uma melindrosa recoberta de canutilhos vermelhos e tendo na cabeça plumas da mesma cor amarradas com uma grande borboleta de strass. 
Acompanhada do namorado Caio Nabuco, Marina circulou por todos os salões, não se intimidando  a posar para dezenas de câmeras dos foliões, que queriam levar uma recordação da rainha da festa. Após sua coroação, ela foi um dos destaques do camarote da diretora geral do Copacabana Palace, Andrea Natal, onde vários notáveis já estavam presentes, como a cantora Paula Fernandes, Felipe Veloso, o estilista maranhense Heckel Verry e o casal que organizou a lista de convidados vips do baile, Liège Monteiro e seu marido Luis Fernando. 


Lá circulavam também, muito elegantes, o cirurgião plástico Rawlson de Thuin, Bruno Maffei, Gabrielle Souto Maior, Caio Verissimo e Diego Cavalcanti, Cláudio Gomes e Bia Braga ,Carlinhos Beauty e Mauro Aredes, Camila Rocha, Francesca Romana e Luiz Alberto de Mostiere, Jessica Mara e Victor Dzenk, Flavia Lanat, Luana Granada,Patricia Brandão,Kiara Bianca e Anderson Bordoni ,Paula Sarney,Linnga Borgsroem, Ricardo Dale e Carol Marra ,Caio Verissimo, Marcia Verissimo e Alexandre Ibitinga  e a apresentadora de TV, Ana Paula Araujo .


 PRESENÇAS GLAMOUROSAS


Os participantes do baile se misturaram aos notáveis do baile, como os atores Diogo Villela, Déo Garcez, Teresinha Sodré, Fabiana karla, Bruno Veloso, Bianca Marques, Eva Di Martino, Rogéria, Simone Soares,Mario Frias com Juliana Camatti, Barbara Berger,Dudu Bertolini, Ana Gomes, Ana Maria Tornaghi, os colunistas Sylvia de Castro, Bruno Astuto, Ovadia Saadia(de São Paulo), Luis Villarino e Osvaldo Novais, Elke Maravilha,Nina Kaufman, os cantores Martinho da VIla(com a mulher, Cleo Ferreira) e Helcio Hime, Siney Pereira,  Rebeca Figueiredo, Ana Maria Tornaghi, Bete Suzano, Eliana Ovalle,  a ex-BBB Ariadna e o cabeleireiro das estrelas Flávio Priscott. 


 A decoração do Copa, sob o tema Melindrosas Magic Ball 2015, foi considerada deslumbrante, com muitos elogios para o visual, a iluminação, e as projeções de divas dos anos 20, como Mistinguetti e a decoração foi mais leve que as dos anos anteriores, tendo à frente, como sempre, o decorador Zéka Marquez. 
 A mulher do ator Mário Frias, Juliana Camatti, foi um dos focos de atração dos fotógrafos de celebridades, porque ela usava um vestido negro bastante ousado, com transparências e usando uma mini-calça do tipo fio dental. O ator brincava com o assédio, dizendo "os estrangeiros e a imprensa em geral ficavam clicando fotos da bunda dela. É aquilo, bunda bonita causa impacto, não é? Mas esta bunda é linda e é minha", disse Mario, aos risos.


 Também circulavam alegremente pelos salões o conhecido cirurgião plástico Rawlson de Thuin, o fotógrafo Marco Rodrigues acompanhado de sua mulher, Alicinha Silveira, a mais famosa mulata brasileira, Adele Fátima, com o marido Marcelo, o jornalista Renato Fernandes, a atriz e vedete Jussara Calmon, com seu marido norueguês e a rainha do carnaval da escola Unidos da Tijuca, Juliana Alves, elegantíssima com um vestido prata e rosa e com os cabelos presos para o lado esquerdo e exibindo brincos enormes de estrasses.


A diretora geral do Copacabana Palace. Andrea Natal, estava quase irreconhecível, disfarçada com uma sofisticada melindrosa criada nas cores, creme, prata e branco, usando ainda adornos de plumas na peruca loura e uma bolsinha preta de corrente fazendo contraste no traje. Mesmo comandando um dos camarotes mais concorridos do baile, Andrea preferiu passar a maior parte do baile sambando no terraço do hotel, acompanhado de amigos


 No quesito elegância, muitos turistas e personalidades brasileiras vestiram-se com os trajes e adereços do Bazar de Carnaval do Copacabana Palace, muito elogiado por Hildegard Angel e amigos. Mas muito dos trajes luxuosos de noite, summers e black tie de uma parte dos convidados foram descobertos nas lojas da Só a Rigor, sempre procurada para os foliões que querem comparecer ao baile com categoria e sabem que lá encontram o que procuram.

CAMAROTE DA HILDE


Um espetáculo à parte no baile do Copacabana Palace foi o camarote comandado pela colunista Hildegard Angel, uma das primeiras personalidades a saudar o público na entrada do baile, acompanhada do marido Francis Bogossian. Além de contar com a presença do paranormal Thomas Morton, o ator Stephan Nercessian, que atualmente vive com muitos elogios Chacrinha num musical, ela  recebeu a mais conhecida jurada do "Velho Guerreiro", Elke Maravilha.


 Ao lado de  Hilde, desfilaram colunáveis como Lourdes Catão, Leleco e Maninha Barbosa, Lucilia Lopes, Giovana Deodato, Vicentino Mantuano, Kitty Monte Alto, Angelike Chartouni, Berta Mendes de Souza, Ilka Bambirra, Kristhel BIanco, Roberta Castro, Claudio Castro(vestido de sacerdote). Mioguel Morelli, Beth Winston e vários amigos, um deles produtor de festas em Los Angeles.  Todos estavam no clima do camarote, usando cartolinhas purpurinadas com plumas e levavam óculos enormes, além da tradicional buzina do maior animador de auditórios do Brasil.


 Outro camarote que chamava a atenção dos foliões foi o Não se pode deixar o de Teodoro Obiang Mangue, filho do presidente da Guiné Equatorial (que doou R$ 10 milhões à Beija-Flor para financiar o carnaval e reservou inúmeras suítes no Copacabana Palace, o que gerou comentários por ser um país miserável). Teodorín, como é chamado, ficava sempre atrás de uma parede de seguranças. Outro camarote muito concorrido foi o do milionário gaúcho Germano Gerdau Johannpeter, cercado de belas modelos vestidas como melindrosas.


O show de Eliana Pittman e Zéka Marques, interpretando a música "Alô Kiki" música composta pela dupla inspirada no tema do baile, foi considerado o melhor até hoje apresentado no Copacabana Palace. Com a participação de dançarinos, acrobatas e vários modelos. O show foi apresentado no palco do Golden Room e na varanda do hotel, com muitos foliões já cantando a letra no acompanhamento. É que a música, promovendo com charme a suntuosa festa de carnaval,  foi postada a uma semana do baile no Youtube, agradando a todos.


O PODER GAY

"Os gays ainda serão os donos do mundo". Esta frase da irreverente Isabelita dos Patins, que este ano não foi ao Copa para cumprir compromissos no carnaval de Juiz de Fora, define bem o clima alegre que ontem dominou a festa do Copa.
"Sem os gays aqui, setenciou Jane di Castro, não seria a mesma coisa, porque eles dão a tónica de bom gosto e sensualidade em tudo que participam".


Para confirmar a afirmativa, lá estava os maiores representantes do mundo gay, como Jane Di Castro, Rogéria, Ludmylla Pimentel, Meime dos Brilhos, Marcella Zara, Paulinho Robson, Carla Fayal, Orlando Almeida, Monique Cretton(que é mulher, mas sempre é confundida comoum belo travesti), Danusa Meiomundo (escolhida como Rainha do Scala Gay 2015), Dolores Del Rio, e dezenas de luxuosos travestis.


O serviço de atendimento do Copacabana Palace, cumprindo sua tradição, foi considerado excelente, com champanhe importada, uisque, vodka e drinques sofisticados à vontade, além de um banquete onde podiam ser degustados pratos do cardápio internacional, com enormes camarões, frutas, doces e outras especiarias.



Quem estava muito à vontade na festa, foi o conhecido apresentador Amaury Junior, cercando as  celebridades do baile para darem entrevistas sobre o que achavam da abertura do Carnaval do Copa e todo aquele glamour reunido. 
Andrea Natal, diretora do Copacabana Palace, deu uma bela notícia a Amaury e à impfrensa em geral, anunciando o projeto de iniciar obras e reabrir , dentro de alguns meses, o Teatro Copacabana. O teatro está fechado há vários anos, onde já brilharam nomes do cenário artístico brasileiro, como Fernanda Montenegro, Bibi Ferreira, Paulo Autran e Henriette Morineau.e cobertura de festas e eventos.