Pesquisar

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

JÁ É NATAL NA MINHA PORTO ALEGRE...
EMOÇÃO E MÚSICA ERUDITA NA PRAÇA...

Text e fotos de Luiz Carlos Lourenço
Fotos de Gabriel Crespo
Mal chegando à minha terra natal, Porto Alegre, só tive tempo de ficar algumas horas com minha mãe e meus irmãos para poder abraçá-los e matar a saudade. Logo em seguida, precisei comparecer a um compromisso inadiável: assistir ao último concerto de 2013 da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre(Ospa), que reuniu mais de dez mil pessoas em frente à Catedral Metropolitana e a sede do Governo Estadual gaúcho.
A noite agradável de ontem, com um vento refrescante, foi convidativa para que as pessoas deixassem o conforto de seus lares para apreciar o belo espetáculo, num grande palco instalado em frente ao maravilhoso templo católico, decorado com faixas com as cores do Rio Grande do Sul e adornado por enormes gérberas e rosas vermelhas da Bolívia.O espetáculo Natal na Praça, organizado pelo Governo do Estado, era gratuito e duas mil cadeiras foram oferecidas ao público em frente ao grande palco. Além disso, milhares de pessoas também se acomodaram em cadeiras de alumínio, bancos plásticos, degraus da Assembleia Legislativa, bancos da praça da Matriz e até mesmo  nos troncos das arvores e sentados no meio fio das calçadas.

A abertura do espetáculo foi feita pelo arcebispo dom Jaime Sengler, que fez uma benção especial para o povo. O maestro Manfredo Schmiedt, numa noite inspirada e com várias tiradas de humor e brincadeiras com o público, abriu a noite musical ao som de “Suíte no. 1 de L´Ariesienne”, seguindo com Clair de Lune , de Claude Debussy e partindo para uma homenagem especial ao músico e cantor Louis Armstrong, com seus maiores sucessos como What a Wonderful World e Helo Dolly. O maestro disse que a escolha das músicas era para que o público pudesse apreciar uma noite sem chuva e com uma bela lua cheia, que demorou a aparecer. Numa de suas brincadeiras, disse que não apresentou com a orquestra a música de O Vento Levou porque este mesmo vento forte havia arrastado todas as partituras dos profissionais.
Foi apresentada ainda sucessos de grande público como Boas Festas, de Assis Valente, Oh Happy Day, e o Expresso Polar, além da canção Amazing Grace, na voz do tenor Juliano Barreto. Muito aplaudida também foi a canção o Expresso Polar, que conta a história de um menino que não acreditava em Papai Noel e passa a conhecer o Bom Velhinho a partir de uma viagem mágica neste trem.


A apresentação de  Glória, do compositor britânico John Rutter, em sua primeira apresentação para coral, metais, percussão e órgão também fez um enorme sucesso de público. Entre os presentes ao evento, sentados na primeira fila, estava o secretário Estadual de Cultura, Luíza Antônio de Assis Brasil e o arcebispo emérito de Porto Alegre, dom Dadeus Grings.
O encerramento do espetáculo, pouco antes da meia noite, com Aleluia de Haendel, foi coroado com o toque ruidoso dos sinos da Catedral Metropolitana, para espanto e alegria do público presente.
Nas apresentações das canções populares de Natal, o maestro Manfredo conseguiu fazer com que o público cantasse junto com o Coro Sinfônico da OSPA e o cantor Juliano Barreto.